sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Queridos Pais:

Tenham paciência comigo. Tudo é tão difícil.
O mundo é tão grande, e eu sou tão pequeno...
Há tanta coisa que me assusta...
Ás vezes quero parecer forte: grito, brigo, atropelo os outros...
Faço barulho demais porque tenho medo, muito medo, de que se esqueçam de mim.
Quero ser bom, ter sempre afeição de todos e nem sempre sei bem como se consegue isso. 
É nessas ocasiões que mais preciso de seu amor, de sua segurança, de sua tranqüilidade.
Preciso ter a certeza de que ocupo um lugar importante em nossa casa, o lugar mais importante ainda é o seu coração. 
Mas não sei dizer tudo isso assim, e acabo fazendo exatamente ao contrário.
Lutando pelo seu carinho, quantas vezes o faço se zangar comigo. Procurem compreender, e ajudem-me a confiar em MIM.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...